domingo, 6 de agosto de 2017

Filme - Série | Resumo | Junho - Julho | 2017

Olá você!

Mais um post sobre os filmes e séries que assisti nesses últimos dois meses. Estou bem contente com a maioria deles, porque foram ótimas opções para passar o tempo, embora nem todas tenham sido minha primeira vez assistindo... rs

Recordar é viver, certo?

Bom, vamos começar, porque a lista é longa.

::: FILMES :::

1) Mulher-Maravilha
Um ótimo filme sobre super heróis, como há muito tempo eu não via. De verdade. Estou ficando um pouco de saco cheio do gênero, que parece cada vez mais desesperado para fazer mais e... acaba fazendo menos. Enfim, esse filme foi bom e eu adorei cada pedacinho dele... até o final, que deixou um pouco a desejar. Para mais detalhes, ler a resenha que vou deixar linkada aqui.











2) Homem-aranha: De volta ao lar
Esse é um personagem do qual eu gosto bastante, apesar de não ser a maior fã da Marvel Comics. Sou da geração que assistiu aos primeiros filmes com Tobey McGuire e não consigo desapegar da minha primeira impressão deles, que é positiva. Ignorando, claro, o terceiro filme, porque...
Bom, em De volta ao lar, temos outro aranha, esse vivido por Tom Holland, que é um ator que conheci no filme O impossível. Adorei saber que ele ficou com o papel, acho que é um ótimo ator.
Sobre o filme em si, gostei muito. Mas as cenas de ação ficaram um pouco estranhas. Muita coisa acontecendo e não dá para ver direito. Gostei do vilão também, apesar de achar que as "coincidências" da vida são muito forçadas, isso em qualquer história.



3) A múmia
Pensa em um filme ruim. Aqui está ele. Eu sou fã do trabalho do Tom Cruise, mas sou ainda mais fã dos dois filmes da franquia estrelados por Brendan Fraser. O último eu também desconsidero, por motivos de ser muito ruim. Enfim... aqui temos uma tentativa de reinventar a franquia e integrá-la ao universo de monstros que a Universal Studios está tentando criar. A ideia é até boa e tem uma referência curiosa a O médico e o monstro do Robert Louis Stevenson. Mas a história é fraca. Para variar, o protagonista tem que ter uma parceira inútil a ser salva e a vilã é genérica e sem força.








4) Independence day: O ressurgimento
Lembra daquele filme que passava direto na sessão da tarde, com o Will Smith e que tentava fazer a gente acreditar que o presidente dos Estados Unidos subiria em um caça para salvar o mundo? Então, esse filme aí ganhou uma continuação há alguns anos. Sem Will Smith. Não que tenha feito falta. Mas... o filme não é muito bom não.











5) O Clube dos Cinco
Se você ainda não assistiu esse filme, tem alguma coisa faltando no seu conhecimento de Cultura Pop. Sou uma entusiasta desse filme, desde a primeira vez em que assisti e me identifiquei tão rápido com aqueles personagens - especialmente a esquisita - que não consegui esquecer nunca mais. E é claro que precisei assistir de novo e de novo e de novo e quantas vezes mais forem necessárias. Adoro esse filme.











6) Ela é demais
Tá, esse filme não é tão legal, mas eu precisei assistir de novo. Clássico caso de menina-feia-que-fica-bonita-quando-tira-os-óculos e do cara-que-fez-uma-aposta-mas-se-apaixona-de-verdade.
Enfim, bobagem adolescente dos anos 90.












7) Enquanto você dormia
Um filme da Sandra Bullock em que ela é apaixonada por um cara com quem ela nunca falou. Ele sofre um acidente e ela o salva, mas ele fica em coma por várias semanas. Durante esse tempo, ela se apaixona pelo irmão do cara... Eu sei, parece bobo, mas eu gosto, tá!













8) Até o último homem
Esse filme é com o Andrew Garfield, que também fez o Homem-Aranha recentemente (O incrível Homem-Aranha). Aqui, ele interpreta um rapaz que se alista no exército, mas, por questões religiosas, se recusa a pegar em armas. Depois de enfrentar vários desafios para se provar e permanecer no exército, ele prova seu valor quando salva a vida de vários homens que ficaram para trás após enfrentar o exército japonês na Segunda Guerra Mundial. Baseado em fatos reais.








9) Invencível
Na mesma onda de história real de um veterano de guerra, assisti esse filme, que foi dirigido por ninguém mais, ninguém menos que Angelina Jolie. Conta a história de um jovem atleta que após participar de uma olimpíada, foi para a guerra e se tornou prisioneiro de guerra dos japoneses (eles de novo). A história é bem triste, de fato, mas o apelo dramático é um pouco mais forçado aqui. Mesmo assim, é um bom filme.











10) Invasão zumbi
De longe, meu favorito nessa lista. É um filme coreano sobre zumbis. E eu estou muito apegada à Coreia do Sul ultimamente...
De qualquer forma, a história acompanha um pai divorciado e sua filha, enquanto eles pegam um trem para levá-la à casa da mãe, em Busan. No caminho, eles descobrem que o país inteiro está sob uma nova ameaça: os zumbis (claro que ninguém usa esse nome, o que parece ser uma regra-não-dita do gênero).
A pegada é eletrizante e eu me peguei torcendo pela vida de vários personagens... em vão.
Muito bom esse filme!!!







::: SÉRIES :::

1) Game of thrones - Sétima temporada, episódios 1, 2 e 3
Sim, claro que a maioria já poderia imaginar isso vindo. Estamos naquela fase em que parte das pessoas na internet são fãs que assistem religiosamente os novos episódios nos domingos. Os que não conseguem assistir e precisam fugir dos spoilers. E tem aqueles que não fazem a menor ideia do que está acontecendo e só fica com raiva das outras duas partes por não conseguir falar sobre outra coisas. Uma dica para essa turma: é assim que a gente se sente quando vocês não param de falar sobre Big Brother Brasil.









2) Oh my ghost
Mais uma série coreana para minha lista! E mais uma muito boa.
Soon-ae morreu há pouco mais de dois anos, mas precisou ficar na Terra para resolver seu "ressentimento", que ela acredita ser o fato de ter morrido virgem. Para isso, ela tenta possuir outras mulheres e utilizar seus corpos para conseguir o que quer, mas sem sucesso. Até que ela esbarra em Bong-sun, uma garota tímida que tem a habilidade de ver e falar com fantasmas. Através dela, Soon-ae conhece o chef Kang Sun-woo, por quem a própria Bong-sun é apaixonada. Assim, as duas fazem um acordo: Bong-sun permite ser possuída para resolver o problema de Soon-ae e em troca, Soon-ae a ajuda a conquistar o chef.
Claro que a história não é só sobre isso, envolvendo também as descobertas de Soon-ae sobre as circunstâncias sinistras de sua própria morte.
Vale um ponto extra pela maquiagem dos "demônios".


Nenhum comentário:

Postar um comentário